mar morto

Mar Morto

Nota: Se procura por outras definições de Mar Morto, consulte Mar Morto (desambiguação).
O Mar Morto visto do espaço, com as áreas de extração de sal no sul

O Mar Morto visto do espaço, com as áreas de extração de sal no sul

A alta salinidade do Mar Morto permite a flutuação de um turista

A alta salinidade do Mar Morto permite a flutuação de um turista

O Mar Morto (hebreu ים המלח – Sound Yam ha-Melah?, árabe البحر الميت, Sound Al Bahr al Mayyit?) é um mar de água salgada do Oriente Médio. Com uma superfície de aproximadamente 1050 quilômetros quadrados, correspondente a um comprimento máximo de 80 quilômetros e a uma largura de máxima de 18 quilômetros, é alimentado pelo Rio Jordão e banha a Jordânia, Israel e a Cisjordânia. Nos últimos 50 anos, o Mar Morto perdeu um terço da sua superfície, em grande parte por causa da exploração excessiva de seu afluente, única fonte de água doce da região, para além da natural evaporação das suas águas. Contudo, os especialistas, são de opinião que, dentro de alguns anos, esta perda tenderá a estabilizar, ao mesmo tempo que procedem a estudos que levem à sua conservação e preservação, pelo que o desaparecimento do Mar Morto não se coloca, segundo estes, nem hoje nem no futuro.

Para já, a contínua perda das suas águas (que, como já se referiu, tem as suas causas, próximas, na cada vez maior captação das águas do Rio Jordão, por parta das autoridades de Israel e da Jordânia, vai continuar a levar a uma redução da sua área e um afundamento, relativamente ao nível médio das águas do Mar Mediterrâneo. No ano de 2004, este nível estava acerca de 417 metros abaixo do nível médio do Mar Mediterrâneo, o que faz com que seja a maior depressão do mundo, e a tendência é para aumentar este desnível durante o século XXI.

O Mar Morto tem esse nome devido ao fato de a quantidade de sal que contém ser seis vezes superior à dos restantes oceanos, o que torna impossível qualquer forma de vida – flora ou fauna – nas suas águas. Qualquer peixe que seja transportado pelo Rio Jordão morre imediatamente, assim que deságua neste lago de água salgada. A sua água é composta por vários tipos de sais, alguns dos quais só se encontram nesta região do mundo. Em termos de concentração e em comparação com a concentração média dos restantes oceanos, em que o valor de gramas de sal, por cem mililitros de água, não passa de três gramas, no Mar Morto essa taxa é de 30 a 35 gramas de sal por 100 mililitros de água, ou seja, dez vezes superior.

A designação de Mar Morto só passou a ser utilizada a partir do século II, depois de Cristo. Ao longo dos séculos anteriores, outros e vários foram os nomes com que era conhecido e disso nos dá conta, entre outras fontes, a Bíblia Sagrada, concretamente alguns dos Livros do Antigo Testamento. Assim, nos Livros Génesis 14,3 e Josué 3,16 aparece com o nome de mar Salgado. Com o nome de mar de Arabá aparece em Deuteronómio 3,17 e em II Reis 14,25. Já em Joel 2,20 e Zacarias 14,8 surge como mar Oriental. Fora da Bíblia Sagrada, Flávio Josefo chamou-lhe lago de Asfalto e o Talmude designou-o por mar de Sodoma, mar de Lot entre outros nomes que ele recebeu.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: